O Coronavírus (COVID-19) já foi reconhecido como uma pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O novo vírus já causou a infecção de mais de 130.000 pessoas ao redor do mundo, com mais de 116 países e territórios.
Seu alto grau de transmissão, pelo ar, faz com que seja necessário evitar aglomeração de pessoas, principalmente as que voltaram de viagem da Itália ou China, por exemplo, onde os casos crescem exponencialmente, mas ainda há mais regiões em que o estado de surto foi reconhecido.

Como locais com aglomeração de pessoas devem ser evitados, muitos eventos estão sendo adiados e cancelados. Lollapalooza, shows internacionais, Meetups e até mesmo, evento de parceiros da Softwall estão sofrendo com essas agendas devido a transmissão dessa doença que, em alguns casos, pode ser fatal.

Para preservar a saúde de funcionários, muitas empresas têm adotado o home office como um método para evitar a propagação da doença. Não somente pelos ambientes de trabalho, mas pelo método de locomoção onde há contato com diversas pessoas, seja em ônibus, metrô ou no trânsito onde a contaminação pode existir.

O home office é um modelo de trabalho considerado o futuro das organizações, estimando que a produtividade possa aumentar entre 15% e 30% a distância, pois oferece um melhor equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.

Mas não somente isso, métodos de trabalho devem ser ofertados pela empresa, do contrário, o home office pode se tornar uma dor de cabeça: arquivos devem ser disponibilizados com segurança e eficiência, computadores precisam se comunicar com velocidade para que não haja atrasos na entrega de informação, além disso, e as superfícies de acesso precisam ser seguras para que as conexões sejam confiáveis.

E como fazer isso de forma rápida sem onerar o processo além de trazer benefícios para o funcionário e a empresa? A Softwall separou algumas dicas para que você fique mais inteirado, tanto nessa situação quanto para um home office em geral:

1 – Ofereça infraestrutura para o trabalho remoto

A empresa não precisa pagar necessariamente pelo deslocamento, mas a alimentação e equipamentos devem ser mantidos, inclusive para o home office.

2 – Forneça uma conexão adequada de dados

Não somente internet e/ou telefone, mas a conexão entre dispositivo e rede empresarial. Com o Forticlient do Firewall Fortinet, você consegue criar uma VPN (Virtual Private Network) de alta velocidade, segura de invasões em um ambiente em nuvem, disponibilizando dados e aplicativos onde quer que sejam necessários, com criptografia e escalável, de acordo com suas necessidades.

3 – Dispositivos seguros, dados da empresa seguros

Os computadores domésticos não contam com a mesma segurança da empresa, o ambiente é menos controlado, visto que as redes corporativas têm mais protocolos de segurança. Com as soluções da Trend Micro, com o Apex One, você consegue proteção para os dispositivos de acesso, com o Cloud One, você consegue proteger ambientes inteiros de servidores, sejam eles físicos ou em nuvem.

Com isso, você fica despreocupado com a segurança de dados e possíveis vazamentos, pois terá visibilidade do tráfego, mesmo fora da sua empresa, integrando ambiente doméstico e corporativo.

4 – Siga protocolos de segurança, exames e quarentena

Caso volte de viagem de locais que decretem surto de Coronavírus, siga os protocolos de exame, espere a contraprova para realmente saber o seu estado de saúde. A persistência de febre por mais de 48H além de dificuldade para respirar, mesmo que normalmente, são sintomas que indicam o quadro de Coronavírus.

5 – Home Office é o futuro

Muitas empresas têm esse método de trabalho não só como método para o surto de COVID-19, mas no dia a dia de seus colaboradores. Uma estruturação de cultura e tecnológica deve ser implantada e os profissionais devem ter o perfil para esse tipo de trabalho, mas os seus benefícios já são comprovados.

Conte com o auxílio da Softwall para implementar o trabalho em home office, uma empresa especializada em segurança de dados para esse e muitos outros projetos!

SOFTWALL – Em Curitiba e Região – Paraná:
Telefone: (41) 3153-5090
E-mail: [email protected]

E também em Balneário Cambouriú e Região – Santa Catarina:
Telefone: (48) 3091-1500
E-mail: [email protected]

“Sua segurança é o nosso objetivo”