Cada modelo pode beneficiar seu negócio em diferentes soluções em abordagens

Computação em nuvem não é novidade para muitas empresas, cerca de 80% das organizações conhecem os benefícios do Cloud Computing. Espaço em nuvem, backups, recursos e serviços podem fazer parte do dia a dia das organizações e da forma de trabalho, pois possuem muitas vantagens e flexibilidade que uma estrutura convencional e alocada não permite.

Com inúmeras vantagens para impulsionar e otimizar as tarefas e recursos, elas se dividem em três categorias principais: IaaS (Infraestrutura como Serviço), PaaS (Plataforma como Serviço) e SaaS (Software como Serviço). Mas, além de definições e conceitos, você sabe quais soluções e como elas podem realmente fazer a diferença dentro da sua atual infraestrutura de TI?

Separamos algumas ferramentas para você não só conceituar, mas entender na prática sobre essa nova abordagem de TI:

IaaS – Infraestrutura como Serviço

Uma infraestrutura escalonável e em nuvem, onde é contratada a solução necessária, seja armazenamento para backup, hospedagem para sites e sistemas. Funcionam em conjunto para atender a uma demanda, podendo ser contratados serviços diferentes de provedores distintos, o que vale aqui é a vantagem em relação a armazenamento, disponibilidade e performance.

Dessa forma, a empresa contrata apenas o necessário em um servidor cloud para utilização, podendo até haver opções gratuitas dependendo da necessidade. Sua expansão é feita de forma simples e flexível, automatizando todo o processo de administração e dimensionamento. Alguns provedores que prestam esse tipo de solução:

– Amazon Web Sevices – AWS.
– Microsoft Azure.
– Google Cloud.

PaaS – Plataforma como Serviço

Uma solução completa de desenvolvimento, homologação, testes e implementação de aplicações de forma mais simplificada do que alocar fisicamente um ambiente completo, é a mais complexa dentre os três modelos apresentados como serviço. Além de tudo que é ofertado no IaaS, deve ser também ofertada toda a segurança para que o aplicativo esteja sempre disponível. Servidores de hospedagens de sites são clássicos exemplos desse tipo de abordagem.
Por ser algo mais completo, várias gigantes da tecnologia estão nesse meio, pois precisam oferecer uma solução mais robusta para o desenvolvimento, que demanda altos recursos. Alguns provedores que ofertam esse tipo de solução:

– Google App Engine.
– Red Hat Openshift.
– Oracle Cloud Platform.

SaaS – Software como Serviço

Um dos modelos mais conhecidos por todas as empresas e usuários. Os softwares que disponibilizam licenças para acessos através de uma página por login ou aplicativo mobile é ofertado nesse modelo. É vantajoso pois, além de ser possível contratar um plano com assinaturas para cada colaborador, ainda é possível dimensionar para os serviços necessários de cada ferramenta, otimizando custos.

Qualquer pessoa que tenha utilizado serviços como o Dropbox, Google Drive, Gmail, Evernote, mesmo em suas versões gratuitas, já são métodos de entrada nesse modelo de contratação.

No corporativo, o Office 365 é um dos principais exemplos, por ofertar e-mail, aplicações de produtividade em um único pacote, assim como ferramentas de CRM, como o Salesforce.

Em qualquer modelo que você optar, é importante saber otimizá-lo para sua demanda, já que as possibilidades e combinações são infinitas, por isso, conte com um parceiro que saiba, além de operacionalizar, também que consiga combinar provedores com a sua necessidade, esse é um diferencial que a Softwall oferece, desde a contratação até o pós-venda.

SOFTWALL – Em Curitiba e Região – Paraná:
Telefone: (41) 3153-5090
E-mail: [email protected]

E também em Balneário Cambouriú e Região – Santa Catarina:
Telefone: (48) 3091-1500
E-mail: [email protected]

“Sua segurança é o nosso objetivo”