Para garantir o sucesso de uma solução de Firewall, você deve conectá-la ao antivírus e às Políticas de Segurança da Informação da sua empresa.

Se a informação é um dos maiores ativos de qualquer empresa, você concorda que todo negócio deveria ter estratégias para protegê-la, certo? E, para impedir que sua rede corporativa seja invadida e tenha dados-chave capturados, alguns mecanismos voltados à tecnologia e a processos precisam ser adotados.

Três deles são essenciais: a utilização de um Firewall, de um antivírus, a aplicação e o alinhamento dessas soluções às Políticas de Segurança da Informação. Afinal, não adianta implementar ativos de segurança sem uma definição prévia das regras e parâmetros aos quais eles devem estar integrados!

Vamos conhecer um pouco mais sobre esses pilares da segurança digital?

O uso do Firewall atrelado ao antivírus

Instalar e configurar o Firewall em conjunto com o antivírus é o primeiro passo para formar uma barreira que diminui o risco de invasões na rede de sua empresa. Mas, você sabe quais são as diferenças entre essas duas soluções?

O Firewall pode ser um software ou um hardware que tem a função de controlar o acesso a uma determinada rede. Ao fazer a moderação da transferência de dados entre a internet e os computadores, essa solução preserva a integridade e também a confidencialidade de dados importantes. Se você quer saber mais sobre como um Firewall atua na proteção da sua rede, é só acessar nosso artigo e ampliar sua leitura!

O antivírus, por sua vez, tem como finalidade detectar as ameaças que conseguem “furar” a barreira do Firewall e desativá-las, protegendo os computadores. Assim que são encontrados, os arquivos que contêm essas ameaças vão para a quarentena: ou seja, não são apagados imediatamente – para casos de alarme falso.

Por isso, é importante lembrar que o Firewall não substitui o antivírus. Ambas soluções precisam funcionar juntas – e em sincronia – para garantir que sua rede esteja protegida. E, para que não haja desencontros na operação delas, sua empresa precisa definir as Políticas de Segurança de Informação.

Integre o Firewall às Políticas de Segurança do seu negócio - Softwall

A implementação de Políticas de Segurança da Informação

A Política de Segurança da Informação (PSI) nada mais é do que um documento desenvolvido pela empresa onde são registradas as diretrizes de segurança adotadas para todos os sistemas de informação e processos institucionais. Esse documento deve ser conhecido e seguido por todos os colaboradores do ambiente empresarial.

O primeiro passo para a elaboração de qualquer PSI é fazer um levantamento de todas as informações que precisam ser protegidas. Com isso em mãos, você deve criar as normas referentes para o acesso à rede, a programas e a arquivos da empresa.

Existem dois tipos de política padrão, a restritiva e a permissiva. A primeira assume como regra que tudo será bloqueado, exceto o que estiver dentro das regras de permissão. Já na segunda acontece exatamente o contrário: tudo é liberado, com exceção do que já estiver contemplado nas regras de bloqueio.

Lembre-se de que uma PSI não deve ser algo estático e imutável. Ela precisa caminhar junto com a sua empresa, acompanhando todas as mudanças do ambiente. No início, é importante deixar o processo mais aberto, pois muitas informações virão justamente do alinhamento da Política de Segurança ao Firewall e antivírus escolhidos.

Integre o Firewall às Políticas de Segurança do seu negócio - Softwall

Por isso, monitorar a utilização da rede, o desempenho do Firewall e do antivírus e os incidentes envolvendo a Segurança da Informação é fundamental. Assim, sua empresa poderá atualizar a PSI sempre que necessário, equilibrando as normas de segurança com as exigências do seu empreendimento.

Preparado para montar a Política de Segurança da Informação da sua empresa e integrá-la ao seu Firewall e antivírus? Se você precisar de ajuda, a SOFTWALL tem profissionais especializados no assunto que ficarão satisfeitos em encontrar a melhor solução para o seu negócio!

SOFTWALL – Em Curitiba e Região – Paraná:
Telefone: (41) 3153-5090
E-mail: [email protected]

E também em Florianópolis e Região – Santa Catarina:
Telefone: (48) 3091-1500
E-mail: [email protected]

“Sua segurança é o nosso objetivo”