SIEM e SOAR: Estratégias de segurança da informação muito semelhantes com pontos em comum mas que se distinguem pela atuação e melhoram a eficiência do seu departamento de Tecnologia da Informação.

Muitos que acompanham nosso blog e são da área de segurança da informação já ouviram falar sobre SIEM e SOAR, porém, por serem termos semelhantes e com muitos pontos em comum, nós da Softwall decidimos evidenciar alguns pontos para você entender – com objetividade – o que cada uma das estratégias de segurança se propõem dentro de um ambiente de TI.

As duas estratégias auxiliam a equipe de segurança de TI a acelerar as operações de segurança dentro de um ambiente, tornando toda a área, e a empresa, mais segura, eficiente e confiável. Mas aprimoramentos podem ser feitos para melhores resultados, e é nisso que essas estratégias se complementam.

O que é o SIEM?

Em nosso último artigo do blog falamos sobre a estratégia de SIEM – Security Information and Event Management. Mas, em resumo, ele coleta informações e armazena dados de segurança. As ferramentas de segurança monitoradas pelo SIEM podem ser o Firewall, IDS – Intrusion Detection System, Apliances e Endpoints. A vantagem é a centralização, análise de padrões e comportamento entre dispositivos para responder – manualmente – a incidentes de maneira mais rápida.

E o que é o SOAR?

Security Orchestration, automation and response – SOAR, em tradução, Orquestração de segurança, automação e resposta. Assim como o SIEM, faz a coleta e análise de dados, mas vai além, combinando uma coleta de dados completa, padrões, gerenciamento de eventos, fluxo de trabalho e análises, permitindo que as empresas vão mais a fundo nos recursos de defesa.

E como o SOAR atua no ambiente de TI?

O SIEM emite um alterna a partir da detecção de algum evento, o SOAR pode ir muito mais longe, combinando ferramentas e recursos de segurança que permite a equipe de SecOps automatizem as tarefas manuais e rotineiras geradas pelos alertas do SIEM, reduzindo ainda mais o tempo de resposta a incidentes e garantindo a continuidade de negócio.

SIEM e SOAR trabalhando em conjunto

É extremamente recomendado que as duas estratégias trabalhem em conjunto para uma defesa aprimorada e uma resposta mais rápida a incidentes. O SIEM emite os alertas quando uma atividade maliciosa é detectada, já o SOAR, após receber esse alerta, pode gerar um ticket no sistema de incidentes, depois emite um altera de emergência para a equipe de SecOps além de já implementar automaticamente regras de quarentena num Firewall ou solução de segurança.

Por isso, não é exagero dizer que o SOAR é um enorme potencializador na segurança da informação de uma empresa, economizando tempo de resposta, além delas serem mais rápidas e inteligentes no atendimento e correção de incidentes cibernéticos.

SIEM + SOAR + SOFTWALL

Analisar o seu ambiente e definir as melhores estratégias de segurança verificando as já implementadas para sua empresa ir mais longe, com mais segurança, é a missão da Softwall desde a sua fundação, afinal, sua segurança é o nosso objetivo. Contate-nos para saber mais que podemos te ajudar a deixar seu ambiente de TI mais seguro, implementando ferramentas de segurança e tornando-as mais eficientes, com o SIEM e potencializando com o SOAR.

SOFTWALL – Em Curitiba e Região – Paraná:
Telefone: (41) 3153-5090
E-mail: [email protected]

Também em Balneário Camboriú e Região – Santa Catarina:
Telefone: (41) 3153-5090
E-mail: [email protected]

“Sua segurança é o nosso objetivo”

SIEM e SOAR: quais são as principais diferenças? - Softwall